segunda-feira, 2 de maio de 2011

TEÓFILO OTONI PODE GANHAR PRIMEIRO ROTEIRO DE ECOTURISMO




Que as pedras preciosas e semi-preciosas de Teófilo Otoni encantam turistas do mundo inteiro todos já sabem. Mas, o que muita gente ainda desconhece (incluindo os próprios moradores do município) é que há outras atrativos tão encantadores quanto as gemas extraídas da região. Prova disso, é que no último domingo, primeiro de maio, o Circuito Turístico das Pedras Preciosas, em parceria com a Associação Águias de Esportes Radicais estiveram na Lajinha, distrito de Teófilo Otoni, para o lançamento do projeto Expedições aos Caminhos Preciosos. Trata-se de uma avaliação prévia de pontos com potencial turístico para possível formatação de roteiros, a serem comercializados nos municípios associados ao Circuito. Neste dia, foram avaliados alguns pontos desta comunidade rural como a Pedra da Lajinha, um imponente paredão rochoso com cerca de 700 metros de altitude e vista espetacular de seu cume. Primeiramente, o grupo, que era  formado por empresários, comerciantes, funcionários públicos, estudantes e profissionais liberais fizeram a subida na Pedra  para verificação da acessibilidade do trajeto, constatação do nível de dificuldade para futuros visitantes e observação da beleza cênica local. Em seguida, fora averiguado também as condições dos empreendimentos do entorno para atendimento ao turista: restaurantes, floriculturas e comerciantes de plantas e adornos naturais. Segundo o presidente do Circuito, o Senhor Iesser Lauar  “a região da Lajinha há muito tempo já vem se destacando como um importante pólo de cultivo e comercialização de plantas ornamentais, com produção anual de 350 mil mudas, que já abastecem, inclusive, as regiões Nordeste e Sudeste do país. O que estamos querendo é diversificar ainda mais a fonte de renda dos moradores através da atividade turística.”  Já para Bruno de Sá, Turismólogo e Gestor do Circuito “ o roteiro está praticamente pronto para ser operado, bastando apenas pessoas com iniciativa para poder trabalhá-lo. A Pedra apresenta um nível de dificuldade médio de subida, mas, seu acesso está em ótimas condições; já a beleza da paisagem vista do seu topo é inigualável; as flores e as plantas da comunidade poderão ser os souvenires que os turistas levarão para as suas casas, o que incentivará ainda mais a agricultura familiar. O restante será completado com uma capacitação específica para quem irá atender diretamente os visitantes.” Àqueles que estiveram nesta primeira expedição também voltaram maravilhados com o lugar e disseram que vão recomendar o passeio para amigos e parentes que residem ou visitam a região. Esta aí mais uma ótima opção para os finais de semana em Teófilo Otoni. Esta aí também uma excelente oportunidade de negócio para quem consegue enxergar além das “pedras”.   

Um comentário:

  1. Excelente atitude, o ecoturismo. Infelizmente o aeroporto de TO está em desuso o que dificulta e divulgação do projeto e acesso à cidade.

    ResponderExcluir